Por Redação

 

A relação conflituosa entre a aristocracia e os trabalhadores dos canaviais é o foco do longa “Açúcar”, dos diretores Renata Pinheiro e Sergio Oliveira (de “Estradeiros”/2011), que estreia no Curta! após passagem pelo Festival do Rio e pelo International Film Festival Rotterdam, na Holanda, entre outros. Foi o filme mais aplaudido entre todos os que competiram na mostra Première Brasil do evento carioca, em 2017, segundo noticiou o crítico Rodrigo Fonseca.

O filme é protagonizado pela atriz Maeve Jinkings, que vive a personagem Bethânia, em atuação elogiada pela crítica. A trama se funde às paisagens da Zona da Mata pernambucana, para onde Bethânia regressa na esperança de retomar o controle das terras onde viveram gerações de sua família.

Ali, algo de fantástico e sobrenatural se soma a uma história que explora tensões sociais e raciais, contrapondo tradições e valores aristocráticos à imperiosa necessidade de libertação e autonomia dos descendentes de escravos.  Esse mesmo conflito entre o moderno e o arcaico se repente internamente em Bethânia, cuja história pessoal se confunde com a formação de uma identidade nacional repleta dessas contradições.

Inédita na TV, “Açúcar” é uma produção da Aroma Filmes e tem como coprodutores o canal Curta!, a Boulevard Filmes e a distribuidora Synapse.  A estreia é na Quarta do Cinema, 24 de junho, às 22h20.